TENSART 360MG COM 30 COMPRIMIDOS

MYRALIS
Voltar Simular frete e prazo de entrega

Calcular frete e prazo de entrega

Digite seu Cep

CALCULAR
carregando fretes ...
Calcular frete e prazo de entrega
Comprar Tensart 360mg com 30 comprimidos com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Tensart na categoria de Tranquilizante. Tensart comprar com quem tem mais de 40 anos de tradição.
Mais informações sobre o produto

Comprar tensart 360mg com 30 comprimidos com o melhor Preço.

Voltar Descrição

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO COMPOSIÇÃO INFORMAÇÕES AO PACIENTE Nomenclatura botânica oficial: Passiflora incarnata L. Nomenclatura popular: Passiflora, Flor da paixão, Maracujá. Família: Passifloraceae Parte da planta utilizada: Partes aéreas Como este medicamento funciona? Características farmacológicas As partes aéreas de P. incarnata contém não menos que 1,5% de flavonoides totais expressos em vitexina. Acredita-se que os flavonoides presentes na espécie vegetal sejam os principais responsáveis pelas atividades farmacológicas. Estes constituintes, Comprimidos Revestidos: caixa contendo 08 ou 30 comprimidos revestidos. Solução Oral: caixa contendo frasco com 30 ou100 ml. Via de administração: Oral USO ADULTO Comprimido Revestido: Cada comprimido revestido contém: Extrato seco de Passiflora incarnata à 3,5%..................................................................................................................................................360,00 mg (equivalente a 12,6mg de flavonoides totais expressos em vitexina) Excipientes: estearato de magnésio, dióxido de silício, croscarmelose sódica, celulose microcristalina, talco, álcool isopropílico, dióxido de titânio, copolímero básico metacrílico E100, polietilenoglicol 6000, corante, água de osmose. Solução Oral: Cada 1 ml da solução oral contém: Extrato mole de Passiflora incarnata à 2,5%.................................................................................................................................................100,00 mg (equivalente a 2,5mg de flavonoides totais expressos em vitexina) Excipientes: açúcar, metilparabeno, corante, aroma e água de osmose. TENSART (extrato de Passiflora incarnata) atua no sistema nervoso central produzindo efeito sedativo, prolongando o período de sono. Seu médico é a pessoa mais adequada para lhe dar maiores informações sobre o tratamento, siga sempre suas orientações. Não devem ser utilizadas doses superiores às recomendadas. Porque este medicamento foi indicado? TENSART (extrato de Passiflora incarnata) é indicado para tratar estados de irritabilidade, agitação nervosa, tratamento de insônia e desordens da ansiedade. Quando não devo usar este medicamento ? Pacientes com histórico de hipersensibilidade e alergia a qualquer um dos componentes da fórmula não devem fazer uso desteproduto. Mulheres grávidas, ou em fase de amamentação, não deverão fazer uso deste medicamento sem orientação médica. Este medicamento não deve ser utilizado junto a bebidas alcoólicas. Também não deve ser associado a outros medicamentos com efeito sedativo, hipnótico e anti-histamínico. Crianças menores de 12 anos não devem usar este medicamento sem orientação médica. Informe ao médico ou cirurgiãodentista o aparecimento de reações indesejáveis. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde. ATENÇÃO DIABÉTICOS: A APRESENTAÇÃO SOLUÇÃO ORAL CONTÉM AÇÚCAR. Como devo usar este medicamento? USO ORAL/ USO INTERNO Comprimido revestido - Ingerir de 1 a 2 comprimidos revestidos, 2 vezes ao dia, ou à critério médico. Líquido - em solução oral - Ingerir de 5 a 10 ml da solução oral, 2 vezes ao dia, ou à critério médico. O uso contínuo deste medicamento não deve ultrapassar três meses. TENSART (extrato de Passiflora incarnata) comprimido revestido trata-se de comprimido revestido liso, bicôncavo de coloração amarela. TENSART (extrato de Passiflora incarnata) solução oral trata-se de líquido viscoso pardo escuro, com odor de maracujá e sabor doce. Os comprimidos revestidos devem ser ingeridos inteiros, sem mastigar, com quantidade suficiente de água para que sejam deglutidos. Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retome a posologia prescrita sem a necessidade de suplementação. Não use o medicamento com prazo de validade vencido. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Este medicamento não pode ser partido ou mastigado. Assim como todos os medicamentos, informe ao seu profissional de saúde todas as plantas medicinais e fitoterápicos que estiver tomando. Interações podem ocorrer entre medicamentos e plantas medicinais e mesmo entre duas plantas medicinais quando administradas ao mesmo tempo. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Quais os males que este medicamento pode causar? Nas doses recomendadas não são conhecidos efeitos adversos ao medicamento. Raramente podem ocorrer reações adversas como náuseas, vômitos, dor de cabeça e taquicardia. Doses excessivas poderão provocar sedação prolongada e estados de sonolência. O que fazer se alguém usar uma grande quantidade deste medicamento de uma só vez? Alguns dos sintomas de superdosagem são sedação, diminuição da atenção e dos reflexos. Em caso de superdosagem, suspender o uso, procurar orientação médica de imediato para que sejam adotadas as medidas habituais de apoio e controle das funções vitais. Onde e como devo guardar este medicamento? INFORMAÇÕES TÉCNICAS AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE O medicamento deve ser mantido à temperatura ambiente entre 15º e 30ºC, ao abrigo da luz, calor e umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças. em sinergismo com os alcalóides também presentes no vegetal, promovem ações depressoras inespecíficas do Sistema Nervoso Central (SNC) contribuindo, assim, para a ação sedativa e tranquilizante. Os dados existentes até hoje não permitem uma conclusão definitiva a respeito da identidade das substâncias ativas e mecanismo de ação. Os estudos farmacodinâmicos disponíveis suportam o uso como sedativo e ansiolítico. O sinergismo entre os componentes da espécie vegetal é relatado como um importante fator responsável para a ação farmacológica. Além do efeito sedativo, este medicamento atua no tratamento de desordens da ansiedade. O flavonoide Chrysin demonstrou possuir alta afinidade, in vitro, aos receptores benzodiazepínicos. Administrado em ratos, o flavonoide reduziu a atividade motora dos animais e, em altas doses, prolongou o efeito hipnótico induzido por pentobarbital. Em outro estudo pré-clínico, também foi demonstrado, in vitro, a ligação aos receptores GABA A e B. Recentemente, estudos apontaram a molécula de benzoflavona tri-substituída como responsável pelos efeitos sedativo e ansiolítico da espécie vegetal. O mecanismo de ação proposto para esta molécula seria a inibição da enzima aromatase, membro da família do citocromo P- 450, responsável pela conversão da testosterona a estrógeno. Este efeito inibitório restabeleceria os níveis normais de testosterona, que, em baixos níveis, seria o causador de sintomas como ansiedade e insônia. No entanto, contínuos estudos tentam elucidar completamente o mecanismo de ação desta molécula no SNC. Um estudo clínico, randomizado e controlado, avaliou o uso do extrato de P. incarnata no tratamento de desordens da ansiedade Foram obtidos resultados semelhantes entre os grupos tratados com o oxazepam (30 mg/dia) e com o medicamento a base de. extrato de P. incarnata (45 gotas/dia), durante quatro semanas. O último grupo apresentou melhor desempenho e performance no trabalho. (AKHONDZADEH et al., 2001). (extrato de Passiflora incarnata) é indicado para tratamento de insônia e desordens da ansiedade. Pacientes com histórico de hipersensibilidade e alergia a qualquer um dos componentes da fórmula não devem fazer uso do produto. Mulheres grávidas, ou em fase de amamentação, não devem fazer uso deste medicamento sem orientação médica, face à presença dos alcaloides indólicos como harmana, harmina e seus derivados, na espécie vegetal. Estudos pré-clínicos relatam a atividade de estimulação uterina para estes alcaloides. Este medicamento não deverá ser utilizado junto a bebidas alcoólicas. Também não deverá ser usado associado a outros medicamentos com efeito sedativo, hipnótico e anti-histamínico. Crianças menores de 12 anos não devem usar este medicamento sem orientação médica. USO ORAL. Os comprimidos revestidos devem ser ingeridos inteiros, sem mastigar, com quantidade suficiente de água para que sejam deglutidos. Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retome a posologia prescrita sem a necessidadede suplementaç ão. Manter o medicamento em sua embalagem original, protegendo-o da luz, do calor e da umidade. Conservar o produto em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), em sua embalagem original, ao abrigo da luz e umidade. TENSART (extrato de Passiflora incarnata) comprimido revestido trata-se de comprimido revestido liso, bicôncavo de coloraçãoamarela. TENSART (extrato de Passiflora incarnata) solução oral trata-se de líquido viscoso pardo escuro, com odor de maracujá e sabor doce . O uso contínuo deste medicamento não deve ultrapassar três meses. Comprimido revestido - Ingerir de 1 a 2 comprimidos revestidos, 2 vezes ao dia, ou à critério médico. Líquido - em solução oral - Ingerir de 5 a 10 ml da solução oral, 2 vezes ao dia, ou à critério médico. Em casos de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico. Não ingerir doses maiores do que as recomendadas. Este medicamento não deverá ser utilizado junto a bebidas alcoólicas, face à potencialização dos seus efeitos. Pode ocorrer sonolência durante o tratamento. Neste caso o paciente não deverá dirigir veículos ou operar máquinas, já que a habilidade e atenção podem ficar reduzidas. De acordo com a categoria de risco de fármacos destinados às mulheres grávidas, este medicamento apresenta categoria de risco C. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Não existem recomendações específicas para o uso deste medicamento em pacientes idosos. Porém, deverá ser acompanhado por orientação médica. Este medicamento não é indicado para mulheres grávidas ou em amamentação, sem orientação médica. Crianças menores de 12 anos não devem fazer uso deste medicamento sem orientação médica. Este medicamento potencializa os efeitos sedativos do pentobarbital e hexobarbital, aumentando o tempo de sono de pacientes. Há indícios de que as cumarinas presentes na espécie vegetal apresentam ação anticoagulante potencial e possivelmente interagem com varfarina, porém não há estudos conclusivos a respeito. O uso deste medicamento junto a drogas inibidoras da monoaminoxidase (isocarboxazida, fenelzina e tranilcipromina) pode provocar efeito aditivo. Raramente podem ocorrer náuseas, vômitos, cefaleia e taquicardia. A revisão da literatura não revela a frequência e intensidade das mesmas. Porém, as doses mais elevadas poderão causar estados de sonolência excessiva. Suspender imediatamente a medicação, e, quando necessário, recomenda-se tratamento de suporte sintomático pelas medidas habituais de apoio e controle das funções vitais. Alguns dos sintomas de superdosagem são sedação, diminuição da atenção e dos reflexos. O medicamento deve ser mantido à temperatura ambiente entre 15º e 30ºC, ao abrigo da luz, calor e umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem. Conservar o medicamento em sua embalagem original. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO COMPOSIÇÃO INFORMAÇÕES AO PACIENTE Nomenclatura botânica oficial: Passiflora incarnata L. Nomenclatura popular: Passiflora, Flor da paixão, Maracujá. Família: Passifloraceae Parte da planta utilizada: Partes aéreas Como este medicamento funciona? Características farmacológicas As partes aéreas de P. incarnata contém não menos que 1,5% de flavonoides totais expressos em vitexina. Acredita-se que os flavonoides presentes na espécie vegetal sejam os principais responsáveis pelas atividades farmacológicas. Estes constituintes, Comprimidos Revestidos: caixa contendo 08 ou 30 comprimidos revestidos. Solução Oral: caixa contendo frasco com 30 ou100 ml. Via de administração: Oral USO ADULTO Comprimido Revestido: Cada comprimido revestido contém: Extrato seco de Passiflora incarnata à 3,5%..................................................................................................................................................360,00 mg (equivalente a 12,6mg de flavonoides totais expressos em vitexina) Excipientes: estearato de magnésio, dióxido de silício, croscarmelose sódica, celulose microcristalina, talco, álcool isopropílico, dióxido de titânio, copolímero básico metacrílico E100, polietilenoglicol 6000, corante, água de osmose. Solução Oral: Cada 1 ml da solução oral contém: Extrato mole de Passiflora incarnata à 2,5%.................................................................................................................................................100,00 mg (equivalente a 2,5mg de flavonoides totais expressos em vitexina) Excipientes: açúcar, metilparabeno, corante, aroma e água de osmose. TENSART (extrato de Passiflora incarnata) atua no sistema nervoso central produzindo efeito sedativo, prolongando o período de sono. Seu médico é a pessoa mais adequada para lhe dar maiores informações sobre o tratamento, siga sempre suas orientações. Não devem ser utilizadas doses superiores às recomendadas. Porque este medicamento foi indicado? TENSART (extrato de Passiflora incarnata) é indicado para tratar estados de irritabilidade, agitação nervosa, tratamento de insônia e desordens da ansiedade. Quando não devo usar este medicamento ? Pacientes com histórico de hipersensibilidade e alergia a qualquer um dos componentes da fórmula não devem fazer uso desteproduto. Mulheres grávidas, ou em fase de amamentação, não deverão fazer uso deste medicamento sem orientação médica. Este medicamento não deve ser utilizado junto a bebidas alcoólicas. Também não deve ser associado a outros medicamentos com efeito sedativo, hipnótico e anti-histamínico. Crianças menores de 12 anos não devem usar este medicamento sem orientação médica. Informe ao médico ou cirurgiãodentista o aparecimento de reações indesejáveis. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde. ATENÇÃO DIABÉTICOS: A APRESENTAÇÃO SOLUÇÃO ORAL CONTÉM AÇÚCAR. Como devo usar este medicamento? USO ORAL/ USO INTERNO Comprimido revestido - Ingerir de 1 a 2 comprimidos revestidos, 2 vezes ao dia, ou à critério médico. Líquido - em solução oral - Ingerir de 5 a 10 ml da solução oral, 2 vezes ao dia, ou à critério médico. O uso contínuo deste medicamento não deve ultrapassar três meses. TENSART (extrato de Passiflora incarnata) comprimido revestido trata-se de comprimido revestido liso, bicôncavo de coloração amarela. TENSART (extrato de Passiflora incarnata) solução oral trata-se de líquido viscoso pardo escuro, com odor de maracujá e sabor doce. Os comprimidos revestidos devem ser ingeridos inteiros, sem mastigar, com quantidade suficiente de água para que sejam deglutidos. Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retome a posologia prescrita sem a necessidade de suplementação. Não use o medicamento com prazo de validade vencido. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Este medicamento não pode ser partido ou mastigado. Assim como todos os medicamentos, informe ao seu profissional de saúde todas as plantas medicinais e fitoterápicos que estiver tomando. Interações podem ocorrer entre medicamentos e plantas medicinais e mesmo entre duas plantas medicinais quando administradas ao mesmo tempo. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Quais os males que este medicamento pode causar? Nas doses recomendadas não são conhecidos efeitos adversos ao medicamento. Raramente podem ocorrer reações adversas como náuseas, vômitos, dor de cabeça e taquicardia. Doses excessivas poderão provocar sedação prolongada e estados de sonolência. O que fazer se alguém usar uma grande quantidade deste medicamento de uma só vez? Alguns dos sintomas de superdosagem são sedação, diminuição da atenção e dos reflexos. Em caso de superdosagem, suspender o uso, procurar orientação médica de imediato para que sejam adotadas as medidas habituais de apoio e controle das funções vitais. Onde e como devo guardar este medicamento? INFORMAÇÕES TÉCNICAS AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE O medicamento deve ser mantido à temperatura ambiente entre 15º e 30ºC, ao abrigo da luz, calor e umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças. em sinergismo com os alcalóides também presentes no vegetal, promovem ações depressoras inespecíficas do Sistema Nervoso Central (SNC) contribuindo, assim, para a ação sedativa e tranquilizante. Os dados existentes até hoje não permitem uma conclusão definitiva a respeito da identidade das substâncias ativas e mecanismo de ação. Os estudos farmacodinâmicos disponíveis suportam o uso como sedativo e ansiolítico. O sinergismo entre os componentes da espécie vegetal é relatado como um importante fator responsável para a ação farmacológica. Além do efeito sedativo, este medicamento atua no tratamento de desordens da ansiedade. O flavonoide Chrysin demonstrou possuir alta afinidade, in vitro, aos receptores benzodiazepínicos. Administrado em ratos, o flavonoide reduziu a atividade motora dos animais e, em altas doses, prolongou o efeito hipnótico induzido por pentobarbital. Em outro estudo pré-clínico, também foi demonstrado, in vitro, a ligação aos receptores GABA A e B. Recentemente, estudos apontaram a molécula de benzoflavona tri-substituída como responsável pelos efeitos sedativo e ansiolítico da espécie vegetal. O mecanismo de ação proposto para esta molécula seria a inibição da enzima aromatase, membro da família do citocromo P- 450, responsável pela conversão da testosterona a estrógeno. Este efeito inibitório restabeleceria os níveis normais de testosterona, que, em baixos níveis, seria o causador de sintomas como ansiedade e insônia. No entanto, contínuos estudos tentam elucidar completamente o mecanismo de ação desta molécula no SNC. Um estudo clínico, randomizado e controlado, avaliou o uso do extrato de P. incarnata no tratamento de desordens da ansiedade Foram obtidos resultados semelhantes entre os grupos tratados com o oxazepam (30 mg/dia) e com o medicamento a base de. extrato de P. incarnata (45 gotas/dia), durante quatro semanas. O último grupo apresentou melhor desempenho e performance no trabalho. (AKHONDZADEH et al., 2001). (extrato de Passiflora incarnata) é indicado para tratamento de insônia e desordens da ansiedade. Pacientes com histórico de hipersensibilidade e alergia a qualquer um dos componentes da fórmula não devem fazer uso do produto. Mulheres grávidas, ou em fase de amamentação, não devem fazer uso deste medicamento sem orientação médica, face à presença dos alcaloides indólicos como harmana, harmina e seus derivados, na espécie vegetal. Estudos pré-clínicos relatam a atividade de estimulação uterina para estes alcaloides. Este medicamento não deverá ser utilizado junto a bebidas alcoólicas. Também não deverá ser usado associado a outros medicamentos com efeito sedativo, hipnótico e anti-histamínico. Crianças menores de 12 anos não devem usar este medicamento sem orientação médica. USO ORAL. Os comprimidos revestidos devem ser ingeridos inteiros, sem mastigar, com quantidade suficiente de água para que sejam deglutidos. Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retome a posologia prescrita sem a necessidadede suplementaç ão. Manter o medicamento em sua embalagem original, protegendo-o da luz, do calor e da umidade. Conservar o produto em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), em sua embalagem original, ao abrigo da luz e umidade. TENSART (extrato de Passiflora incarnata) comprimido revestido trata-se de comprimido revestido liso, bicôncavo de coloraçãoamarela. TENSART (extrato de Passiflora incarnata) solução oral trata-se de líquido viscoso pardo escuro, com odor de maracujá e sabor doce . O uso contínuo deste medicamento não deve ultrapassar três meses. Comprimido revestido - Ingerir de 1 a 2 comprimidos revestidos, 2 vezes ao dia, ou à critério médico. Líquido - em solução oral - Ingerir de 5 a 10 ml da solução oral, 2 vezes ao dia, ou à critério médico. Em casos de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico. Não ingerir doses maiores do que as recomendadas. Este medicamento não deverá ser utilizado junto a bebidas alcoólicas, face à potencialização dos seus efeitos. Pode ocorrer sonolência durante o tratamento. Neste caso o paciente não deverá dirigir veículos ou operar máquinas, já que a habilidade e atenção podem ficar reduzidas. De acordo com a categoria de risco de fármacos destinados às mulheres grávidas, este medicamento apresenta categoria de risco C. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Não existem recomendações específicas para o uso deste medicamento em pacientes idosos. Porém, deverá ser acompanhado por orientação médica. Este medicamento não é indicado para mulheres grávidas ou em amamentação, sem orientação médica. Crianças menores de 12 anos não devem fazer uso deste medicamento sem orientação médica. Este medicamento potencializa os efeitos sedativos do pentobarbital e hexobarbital, aumentando o tempo de sono de pacientes. Há indícios de que as cumarinas presentes na espécie vegetal apresentam ação anticoagulante potencial e possivelmente interagem com varfarina, porém não há estudos conclusivos a respeito. O uso deste medicamento junto a drogas inibidoras da monoaminoxidase (isocarboxazida, fenelzina e tranilcipromina) pode provocar efeito aditivo. Raramente podem ocorrer náuseas, vômitos, cefaleia e taquicardia. A revisão da literatura não revela a frequência e intensidade das mesmas. Porém, as doses mais elevadas poderão causar estados de sonolência excessiva. Suspender imediatamente a medicação, e, quando necessário, recomenda-se tratamento de suporte sintomático pelas medidas habituais de apoio e controle das funções vitais. Alguns dos sintomas de superdosagem são sedação, diminuição da atenção e dos reflexos. O medicamento deve ser mantido à temperatura ambiente entre 15º e 30ºC, ao abrigo da luz, calor e umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem. Conservar o medicamento em sua embalagem original. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

"Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde."

Aproveite e Compre também

Os produtos abaixo são relacionados ao produto visitado, aproveite para conhecê-los.

COMPRAR TENSART 360MG COM 30 COMPRIMIDOS

TENSART 360MG COM 30 COMPRIMIDOS

por apenas R$ 47,90
Outubro Rosa
Genérico
CADASTRAR
Email cadastrado com sucesso! Erro! Não foi possível realizar o cadastro. Carregando ...
Voltar ao topo

Para o perfeito funcionamento do site é preciso que o JavaScript esteja ativado no navegador.
Para ativá-lo, escolha seu navegador e siga as instruções abaixo:

Google Chrome

  1. Clique no ícone do menu na barra de ferramentas do navegador.
  2. Selecione Configurações.
  3. Clique no link Mostrar configurações avançadas....
  4. Clique em Configurações de conteúdo na seção Privacidade.
  5. Selecione Permitir que todos os sites executem JavaScript na seção JavaScript.

Mozilla Firefox

  1. Selecione Ferramentas no menu superior.
  2. Escolha Opções.
  3. Selecione Conteúdo no menu de navegação superior.
  4. Marque a caixa de seleção ao lado de Ativar JavaScript e clique em OK.

Internet Explorer

  1. Selecione Ferramentas no menu superior.
  2. Escolha Opções da Internet.
  3. Clique na guia Segurança.
  4. Clique em Nível personalizado.
  5. Desça até ver a seção Scripts.
  6. Em "Script ativo", selecione Ativar e clique em OK.

Apple Safari

  1. Abra o menu Safari na barra de ferramentas do navegador.
  2. Escolha Preferências.
  3. Escolha Segurança.
  4. Marque a caixa de seleção ao lado de Ativar JavaScript.
Olá, posso ajudar?
Indicativo de Busca
Televendas 11 3990-7720
Chat Fale agora com nossos atendentes