NIFELAT 20/50MG COM 28 CAPSULAS

ACHE

Desculpe-nos, nosso estoque para este produto esta esgotado.

Avise-me Quando chegar
  • Principal Indicação

    • Indicado no tratamento da hipertensão arterial e/ou insuficiência coronariana.
  • Ficha Técnica

    • Nome do Produto: NIFELAT 20/50MG COM 28 CAPSULAS
    • SKU: 2
    • Código EAN: 7896181904281
    • Registro Ministério da Saúde: 1121300470090
    • Princípio Ativo: ATENOLOLNIFEDIPINO
    • Fabricante: ACHE
    • SAC Fabricante: 0800-701-6900
    • E-mail Fabricante: CAC@ACHE.COM.BR
Comprar Nifelat 20/50mg com 28 capsulas com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Nifelat na categoria de Cardiológico. Nifelat comprar com quem tem mais de 40 anos de tradição.

Código do Produto: 2

COMPRAR NIFELAT 20/50MG COM 28 CAPSULAS

Ganhe descontos para compras em quantidade

Pague em até 6x no cartão de crédito

Entregas disponíveis em todo o Brasil

Televendas11 3990-7720

Mais informações sobre o produto:

Comprar nifelat 20/50mg com 28 capsulas com o melhor Preço.

Nifelat: preço promocional ? ação contra a pressão alta

Nifelat é um medicamento que tem como princípio ativo o nifedipino retard e o atenolol, ambos usados no tratamento da pressão alta. Ele também pode ser usado nos casos de angina crônica estável e doença arterial coronária.
Cada um de seus princípios ativos vai atuar de uma forma: enquanto o nifedipino inibe o influxo do íon cálcio, o atenolol provoca a dilatação dos vasos sanguíneos ao mesmo tempo em que inibe os espasmos espontâneos coronários. Com essa atuação em conjunto, se consegue uma redução significativa da pressão arterial.
Para garantir esse benefício é preciso que seja ingerido um comprimido de Nifelat ao dia com um pouco de água. A dosagem vai variar de acordo com a prescrição médica e, caso necessário, pode ser revista em torno de 7 a 10 dias do início do tratamento. Após administrado, esse medicamento costuma atingir seu pico em duas a 4 horas.
Se você tem problemas de pressão alta e precisa desse medicamento, pode adquirir o Nifelat preço baixo na Drogaria Nova Esperança e assim cuidar melhor da sua saúde.

Quais efeitos colaterais Nifelat pode provocar?

Nifelat passou por testes e foi considerado seguro se utilizado conforme as recomendações, porém, alguns pacientes podem apresentar efeitos colaterais. Podem ocorrer dores de cabeça, cansaço, vertigem, calor na face e sudorese, que tendem a desaparecer com cerca de duas semanas de tratamento.
Além desses, também pode surgir eritema cutâneo, sensação de frio, fraqueza muscular, câimbra, distúrbios do sono e outros. Esses últimos costumam ser raros e, portanto, ocorrem em uma quantidade mínima de pacientes.
Se for observada qualquer reação adversa ao uso desse é recomendado que se procure ajuda médica para verificar se é seguro continuar com o tratamento com Nifelat

As contraindicações de Nifelat

Esse medicamento não é indicado para pacientes que possuem sensibilidade aos componentes da fórmula, bloqueio aurículo-ventricular de 2º e 3º grau, síndrome do nódulo sinusal, insuficiência cardíaca congestiva, infarto recente do miocárdio, braquicardia, asma e outras doenças que devem ser avaliadas pelo médico.
Já em casos de angina pectoris e pacientes portadores de doenças respiratória é preciso ter cautela em relação ao uso de Nifelat para que não traga prejuízos a saúde do paciente. 

Nifelat acaba com a pressão alta?

A pressão alta é uma doença que não possui cura, mas nem por isso seus portadores não podem ter uma boa qualidade de vida. Nifelat vai garantir que a pressão arterial fique dentro dos níveis aceitáveis, permitindo que o paciente possa levar uma vida normal quando combinado com outros cuidados. 

Não use medicamentos sem conhecimento de um médico

Para garantir que sua saúde não seja prejudicada antes de comprar Nifelat e se automedicar é preciso passar por uma avaliação médica e identificar o melhor tratamento para o seu caso. 
NIFELAT nifedipino atenolol USO ORAL USO ADULTO FORMA FARMACÊUTICA E APRE - SEN TA ÇÕES Cápsulas 10 mg + 25 mg - Caixas com 7 e 28 unidades. Cápsulas 20 mg + 50 mg - Caixas com 7 e 28 unidades. COMPOSIÇÃO Cada cápsula de 10 mg + 25 mg contém: nifedipino (microcomprimido na forma retard)................................... 10 mg atenolol................................... 25 mg Excipientes: carbonato de magné si o, ami do, gelatina, laurilsulfato de só dio, amidoglicolato de sódio, lacto se, es - tea rato de magnésio, poli meta cri la to, fosfa to de cálcio dibá si co diidra ta do, celulose micro cris talina, croscarme - lose sódica, dióxido de silício, hipro - me lo se, macrogol e dióxido de titâ nio. Cada cápsula de 20 mg + 50 mg contém: nifedipino (microcomprimido na forma retard) .................................... 20 mg atenolol .................................. 50 mg Excipientes: carbonato de magné sio, amido, gelatina, lauril sulfato de sódio, amidoglicolato de sódio, lac tose, es - te a rato de magné sio, poli me tacrilato, fos fa to de cálcio dibá sico diidratado, celu lose mi cro cris talina, croscarmelo - se sódica, dióxido de silício, hiprome - lose e macrogol. INFORMAÇÕES AO PACIENTE Ação esperada do medicamento NIFELAT está indicado para o trata - mento da hiper ten são arterial, da doença arterial coronária e na angina crônica estável. Cuidados de armazenamento Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C), protegido da luz e umidade. Prazo de validade Desde que observados os cuidados de conservação, NIFELAT apresenta prazo de valida de de 24 meses. Não use o medica mento se o prazo de validade estiver vencido, pois pode trazer prejuízos à saúde. Gravidez e lactação NIFELAT não deve ser utilizado durante a gravidez e lactação. Informe seu médico a ocorrência de gravidez, ou se estiver amamen - tando durante o tratamento ou após o seu término. Cuidados de administração Siga a orientação do seu médico, res - pei tando sempre os horários, as do - ses e a duração do tratamento. Interrupção do tratamento Não interromper o tratamento sem o con hecimento do seu médico. A inter - ru pção do tratamento com NIFELAT deve ser grada ti va. Pacientes com 250 mm 150 mm doença arterial coro nária devem ser advertidos sobre a interrupção abrupta da medicação. Reações adversas Embora ocasionais, podem ocor - rer no início do tratamento: cefa - léia, ru bor fa cial, sensações de pressão na ca be ça e/ou calor no rosto, ?in chaço? nas per nas ou pés, náu se as, verti ge ns, mal-estar gástrico, fri o nas extremi da des, fadiga mus cu lar e ol hos secos, que ge ral men te de sa pa recem com o trans correr do tra tamen to ou com a interru p ção des te. Infor me seu médico o a pa re ci mento de rea ções desagra dáveis. TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. Contra-indicações e Precauções NIFELAT não deve ser utilizado em paci en tes com conhecida hipersensibi li dade ao nife di pino ou atenolol, em paci en tes com infarto agudo do mio cár dio, proble - mas valvulares cardí a cos (es - tenose aór ti ca grave), an gina pro - gres siva e an gi na pós- infarto, que - da significativa da pres são e durante a gravidez e lac ta ção; em pacientes por tadores de as ma, bron quite ou com qual quer al te ra - ção grave que reduza a fre quên cia cardía ca (a me nos que se jam porta do res de mar capasso ar - tificial); no choque car di o gê ni co e portadores de in su fi ci ên cia car - día ca descompen sa da. NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHE CIMENTO DO SEU MÉDI CO. PO DE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚ DE. No início do tratamento ou durante a mu dança de doses pode ocorrer re - du ção da capacidade de dirigir ou ope rar máquinas. Ingestão concomitante com outras substâncias Informe seu médico caso esteja to - man do alguma outra medicação. Ne - n hum outro medicamento deve ser tomado sem o consentimento de seu médico. INFORMAÇÕES TÉCNICAS MODO DE AÇÃO O nifedipino é um derivado diidropi ri - dí nico, que inibe o influxo do íon cál cio atra vés da membrana celular, nas cé - lulas musculares lisas vasculares e no músculo cardíaco (também cha - ma do de bloqueador dos canais len tos do cál cio ou antagonista de cál cio). A liberação da substância ativa no or - ga nismo de forma prolongada per mite a manutenção de níveis cons tantes de sua atividade, com adminis trações em intervalos de até 12 ho ras. O me - canis mo pelo qual o nifedipino reduz a pre s são arterial envolve a vasodila ta - ção arterial periférica e conse quen te - men te a redução na resistência vas cu - lar pe ri fé rica, cujo aumento é a cau sa fu n da mental da hipertensão.O nifedi - pino di la ta as artérias e ar te ríolas co ro na ri a nas tanto nas regiões nor - mais co mo nas isquê mi cas, e é um ini bi dor poten te do espasmo coro na - riano es pon tâ neo ou induzido por ergonovina, atu an do, por tanto, tanto na melhora da distri bui ção do oxigê - nio (vaso es pas mo), co mo na redu - ção de sua uti liza ção (controle da hiper ten são). O atenolol é um beta-bloqueador car - dio sseletivo, ou seja, age predo mi - nan temente bloqueando os recep to - res ß1 que se situam principal mente nas fibras miocárdicas, apresentando menor ação sobre os receptores ß2 (localizados na musculatura lisa dos brônquios e dos vasos periféricos). Apresenta, portan to, menor possibili - da de de efeitos ad ver sos quando com pa rado aos beta-blo quea dores não-se le tivos em pneu mo patas crô - ni cos, asmáticos, fu man tes, porta - do res de vascu lopa ti as perifé ricas e diabé ti cos. Entretanto, este efeito pre feren cial não é absoluto, pois em al tas do ses, a cardiossele ti vidade não é ob ser vada. O atenolol não possui ati vidade simpa tomimética intrínseca, nem atividade es tabili - zadora de mem brana. Estudos em animais indicam que apenas quan - ti dades desprezíveis de atenolol cru - zam a barreira hema to encefálica. É pro vável que a ação do atenolol na redução da fre quên cia e contratili da - de cardíaca faça com que ele seja efi - caz na eliminação ou re dução de sin - to mas de pacientes com angina. A associação de nifedipino e atenolol produz efeitos antian gino - sos e hipo ten sores superiores aos verificados com cada agente isola - do. O aumento refle xo da frequência cardíaca provo ca do pelo nifedipino é contrabalan c e a do pelo ate nolol e ocorre idêntico ef ei to quanto ao aumen to do tônus do sis te ma nervoso simpático. Farmacocinética No homem, a absorção de uma dose oral de atenolol é rápida e consis ten te, porém incompleta. Apro - xi ma da men te 50% da dose oral é absorvida pelo tra to gastrintestinal e o restante é ex cre ta do inalterado pelas fezes. Os pi cos plas máticos ocorrem após 2 a 4 ho ras da administração. Sua longa me ia-vida plasmática permite a tera pêu tica em do se única diária na mai o ria dos pa ci entes. Em virtude de sua alta car dios seleti vida - de, o atenolol po de ser usa do com sucesso em pacientes com al te - rações respi rató rias que não tole - ram beta-bloque a dores não-sele - tivos. Sua meia-vida plasmática (a - pro xi ma da men te 6 ho ras) pode se elevar na pre sen ça de comprome - timen to renal grave, uma vez que os rins são sua prin ci pal via de elimi - na ção. Sua liga ção às pro teí nas plas má ticas é baixa (apro xi ma da - men te 3%). O nifedipino é rápido e completa men - te absorvido após administração oral. A concentração plasmática máxima é alcançada 1,5 a 4,2 h após a inges tão, com a formulação de liberação lenta (retard). A inges - tão concomitan te de ali mentos retar - da, mas não reduz a ab sorção. É metabolizado no fígado em me - tabólitos inativos solúveis em água, dos quais aproximadamente 80% são eliminados pela via renal. Apenas tra - ços (menos de 0,1% da do se) podem ser detectados na urina, na forma inal - terada (não meta bo li za da). Uma vez que a bio transformação hepática es - tá dire ta men te envolvida no pro ces - so, a far ma co ci nética do nifedipino pode es tar alterada em pacientes com in su fi ci ên cia hepá ti ca crônica. INDICAÇÕES NIFELAT está in dicado no tratamento da hiperten são arterial, na doença arterial coro na ria na e angina crônica estável. CONTRA-INDICAÇÕES NIFELAT es tá contra-indicado em pacientes por ta do res de bloqueio aurículo-ven tri cu lar de 2º e 3º graus, blo que io si noa trial, sín drome do nó - du lo si nu sal, insuficiên cia cardíaca con ges ti va descom pen sada, este - nose aórtica severa, choque car - dio gê ni co, infar to recente do mio - cár dio, bra di car dia acentuada, hipo ten sã o acen tu a da, as ma brôn - qui ca, d u ran te a gra vi dez e em paci en tes com hi per sen si bili da de con he cida aos prin cí pi os ati vos. PRECAUÇÕES O uso de NIFELAT não é reco - mendado ou deve ser feito com muita cautela em paci en tes com angina pectoris severa e/ou es te - no se importante de três va sos coro nários. Em pacientes portadores de do en - ças respiratórias obstrutivas, um even tual bron coespasmo ocor rido com o em pre go de NIFELAT pode ser rapidamente eli mi na do com broncodilatadores habi tuais co - mo salbutamol, feno te rol ou iso - pre na lina. Devido à ação hipotensora do me - di ca mento, a capacidade de reação po de variar individual men - te, fato que de ve ser considerado ao dirigir veícu los ou operar máquinas, em especial no iní cio do tratamento. Não existe ainda suficiente experi ên cia sobre o uso da asso - ciação nifedi pino e atenolol em pacientes com in sufi ci ên cia renal severa. Deve ser introduzido somente após com pensação em pacientes com in su ficiência cardíaca des - com pen sada. O tratamento não deve ser des - con ti nu ado abruptamente. Em caso de ci rur gia concomitante com o trata men to com NIFELAT, deve-se tomar cuidado com agen - tes anesté sicos, tais co mo: éter, ciclo propano e triclo ro eti le no. Se ocorrer dominância vagal, a atro pi na (injeção de 1 a 2 mg por via intra venosa) pode corrigí-la. USO NA GRAVIDEZ E LACTAÇÃO Como ocorre com qualquer droga, NIFELAT não deve ser administrado na gra videz, a não ser que o seu uso seja essencial. Deve-se avaliar os possí veis riscos contra os bene fí cios, quando a droga for usada por mulheres grávidas ou que possam en gra - vidar. É pos sí vel su a excre ção no leite ma ter no, por ta n to não é re - comendado seu uso por mães que ama men tam. INTERAÇÕES MEDICA MEN TO SAS O uso associado com reserpina, alfa metildopa, clonidina, guanetidina po - de levar à acentuada redução ten si o - nal e bradicardia. Se NIFELAT e clo nidina forem administrados conco mitantemente, a clonidina não deve ser descon - tinuada antes que o uso de NIFELAT tenha sido interrompido por vários dias. NIFELAT deve ser administrado com cautela em pa cientes que fazem uso de digitálicos e/ou diuréticos, pois tanto os digitá li cos como o atenolol aumentam o tempo de condução AV. Quando nifedipino é administrado com digoxina ocorre aumento dos níveis de digoxina, podendo ocorrer exacerbação de efeito. Quando atenolol é administrado com vasoconstritores (p.ex.: adrena - lina, anfetamina, fenilefrina) pode ocorrer hipertensão severa. Os sais de alumínio (por exemplo, hi dró xido de alumínio), a colestira - mi na e o colestipol podem diminuir a ab sor ção dos beta-bloqueadores. O uso concomitante de verapamil e beta-bloqueadores pode levar à signi fi cativa bradicardia ou bloqueio AV, além de efeitos inotrópicos negativos. O uso associado de amiodarona au - menta a probabilidade de bradi - cardia, parada sinusal e bloqueio AV quando beta-bloqueadores ou blo - queadores dos canais de Ca2+ são adminis tra dos concomita nte mente em portado res de doença do nó sinusal ou blo quei os átrio-ventri - culares. O verapamil e o diltiazem podem in - ten sificar a bradicardia sinusal e/ou pro vo car bloqueio e insuficiência car díaca quando administrados asso cia dos a beta-bloqueadores. Quando o nifedipino é administrado jun to com cimetidina ou ranitidina ocor re um aumento do seu efeito (o pi co plas mático de nifedipino aumen - ta, tal vez devido a inibição do cito cro - mo P450 hepático pela cimetidina). O uso concomitante de NIFELAT com outros agen tes ß-bloqueadores pode provocar hipo ten são severa ou exacer - bação de an gi na. NIFELAT em uso concomitante com anestésicos voláteis (p.ex.: éter, clorofórmio, clore to de etila, halotano, metoxifluorano) pode acar re tar uma hipotensão acen tu ada. REAÇÕES ADVERSAS Ao início do tratamento podem ocor rer: fadiga, sensação de verti - gem, ce faléia, sensação de calor na face (flush), su do rese e edema de mem bros infe rio res. Estes fenô - menos são de intensi dade dis creta e, em geral, desa pa recem em 1 a 2 sema nas. Eventualmente e bem mais rara - men te, foram observados gastral - gia, erite ma cutâneo, bradicardia, hi po ten são, pa res tesia nos braços e nas pernas, sen sação de frio nos mem bros, fra que za muscular e cãi bras. Em pacientes com tendência a bron co espasmos (p.ex.: bronqui - te asmá ti ca) é possível a ocorrên - cia de disp néia em virtude do au men to da resistência das vias aéreas de vi do à seletividade beta1 do ate no lol. É muito rara a ocorrência de dis túr - bi os do sono (do tipo obser va do com o uso de outros beta-blo quea - dores). Pode tam bém, raramente, acontecer rashs cutâneos e/ou olhos secos. Caso ocor ra alguma reação que não possa ser expli - cada por outra cau sa, deve-se con siderar a inter ru pção do tra ta - men to, que deve ser de maneira gra da tiva. POSOLOGIA Recomenda-se, para pacientes que não tenham recebido tratamento me dicamentoso anti-hipertensivo anteri or, o emprego de uma dose inicial de NIFELAT 10 + 25 mg uma vez ao dia. O mesmo recomenda-se para paci - en tes idosos ou com alterações re - na is e/ou hepáticas. Para pacientes não- ido sos ou já em uso de outras formas de nifedipino ou atenolol, a posologia inicial de NIFELAT é de 20 + 50 mg uma vez ao dia. A dosagem de NIFELAT deve ser sempre titulada de acordo com a resposta do paciente. Assim, reco - menda-se após 7 a 15 dias da dose inicial, e de acordo com a res posta terapêutica obtida, reajus tar a dose do paciente se necessário. SUPERDOSE Não existem relatos sobre intoxica - ção com a associação de nifedipino e ate nolol no homem. Caso ocorra su per do se, pode-se tentar o esva - zia men to gástrico e devem ser tomadas medi das de suporte. Ocorrendo bradicardia ou hipoten - são severa, usar atropina (1 a 2 mg IV) - glu cagon 10 mg (repetir), se neces sá rio, usar isoprenalina ou oxiprena li na e glu co nato de cálcio em per fu são intra ve nosa. USO EM IDOSOS Recomenda-se, para pacientes ido - sos, o emprego de uma dose inicial de NIFELAT 10 + 25 mg uma vez ao dia. Esta dose pode ser titulada de acordo com a resposta do paciente. VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDI CA MS ? 1.1213.0047 Farmacêutico Responsável: Alberto Jorge Garcia Guimarães CRF-SP nº 12.449 Nº do lote, data de fabricação e valida - de: vide cartucho. Produzido por: Biosintética Farmacêutica Ltda. Av. das Nações Unidas, 22.428 São Paulo - SP CNPJ nº 53.162.095/0001-06 Indústria Brasileira Embalado por: Aché Laboratórios Farma cêuti - cos S.A. - Guarulhos - SP

"ISTO É UM MEDICAMENTO, NÃO USE SEM PRESCRIÇÃO MÉDICA E ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO. AO PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO."

Glucerna
Agulhas e Seringas BD
Mascote - Outubro Rosa
Televendas 11 3990-7720
Chat Fale agora com nossos atendentes
COMPRAR NIFELAT 20/50MG COM 28 CAPSULAS

NIFELAT 20/50MG COM 28 CAPSULAS

por apenas R$ 51,08