ALEKTOS 20MG COM 15 COMPRIMIDOS

HYPERA PHARMA
COMPRAR ALEKTOS 20MG COM 15 COMPRIMIDOS
-13%
- +
Comprar

Código do Produto: 33320

Este site é seguro

Voltar Simular frete e prazo de entrega

Calcular frete e prazo de entrega

Digite seu Cep

CALCULAR
carregando fretes ...
Calcular frete e prazo de entrega
Comprar Alektos 20mg com 15 comprimidos com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Alektos na categoria de Antialérgicos. Alektos comprar com quem tem mais de 40 anos de tradição.
Mais informações sobre o produto

Comprar alektos 20mg com 15 comprimidos com o melhor Preço.

Voltar Descrição

Qual a indicação do Alektos 20mg?


Alektos é um medicamento para o trato respiratório, com 20mg em uma embalagem contendo 15 comprimidos, de uso por pacientes acima de 12 anos, sendo administrado por via oral. Sua indicação visa combater os sintomas de rinoconjuntivite alérgica, como espirros, nariz entupido, coceira e secreção nasal, além de tratar de urticária crônica, que gera erupções da pele com placas avermelhadas e coceira.
 

Qual o benefício do Alektos 20mg?


Composto de substância anti-histamínica com efeito anti-inflamatório, o medicamento inibe o desenvolvimento de agentes que agridem a saúde do paciente, ao agir diretamente sobre o trato respiratório e sobre as lesões da pele, com muita segurança e naturalidade.
 

Composição do Alektos


Todo comprimido deste remédio possui 20mg de bilastina (princípio ativo), além dos excipientes celulose microcristalina, amidoglicolato de sódio, dióxido de silício e estearato de magnésio.
 

Qual a dosagem do Alektos 20mg?


Conforme as informações previstas em bula, é recomendado a ingestão de 1 comprimido de 20mg de Alektos por dia, em dose única, ou conforme as recomendações médicas, onde estas devem ser respeitadas durante todo o tratamento.
 

Como tomar Alektos


Desenvolvido em comprimido branco, de formato oval, Alektos deve ser administrado por via oral, em jejum, uma hora antes ou duas horas após a ingestão de alimentos ou bebidas, inclusive de suco de frutas. Além disso, o remédio deve ser tomado com o auxílio de um copo de água para facilitar a deglutição.
 

As contraindicações do Alektos 20mg


É contraindicado o uso deste pelos pacientes alérgicos à sua composição, que é formada pelas substâncias bilastina, celulose microcristalina, amidoglicolato de sódio, dióxido de silício e estearato de magnésio.
 

Alektos na gravidez?


Tanto mulheres grávidas quanto aquelas em fase de amamentação não devem fazer o uso de Alektos sem recomendação médica, uma vez que a medida também é válida para as pacientes que planejam engravidar ou que a descobriram recentemente.
 

Alektos 20mg possui efeitos colaterais?


Sua ingestão pode impulsionar o aparecimento de algumas reações, embora estas não sejam válidas para todos que consumir o medicamento. Entre as principais, está a mais comum: dor de cabeça. Incomuns: tontura, dor de estômago, fadiga e aumento do apetite. Com frequência desconhecida: vermelhidão da pele e vômito.

Atenção: Conheça as demais reações, lendo a bula original completa aqui mesmo em nosso site.
 

Alektos dá sono?


Sim, a administração de Alektos pode resultar em sonolência. Neste caso específico, o paciente precisa estar atento ao operar maquinários e ao dirigir veículos à medida que as substâncias do remédio podem impactar na coordenação motora.

Atenção: Não utilize o fármaco para indicações não citadas em bula.
 

Leia a bula do Alektos


A Drogaria Nova Esperança mantém o compromisso de disponibilizar a bula original do Alektos. Trabalhamos para que você receba todas as informações necessárias antes de decidir adquirir o que deseja em nossos departamentos.
 

Preço do Alektos


Buscando o menor preço do Alektos? Não deixe de aproveitar os melhores valores desse produto, os maiores descontos e a qualidade que só a nossa loja poderá proporcionar a você. Confira.
 

Onde comprar Alektos?


Aqui você encontra um eficiente serviço para entrega e total segurança dos seus dados durante a compra. Cadastre-se, aproveite os nossos descontos, parcele e em até 3x sem juros e compre o medicamento Alektos de forma mais barata, além de poder receber o produto no conforto da sua casa.
 

Sobre a Takeda


Com presença em mais de 70 países, a Takeda é uma empresa do segmento farmacêutico, detentora de 235 anos de tradição, sendo motivada pela inovação, ao concretizar parcerias em boa parte do globo. Atualmente, o grupo conta com a colaboração de mais de 30 mil funcionários competentes e altamente treinados.Os Produtos Takeda buscam oferecer saúde através de pesquisa e desenvolvimento, atendendo às necessidades de pacientes e médicos em todo o mundo.
 
Este conteúdo foi extraído manualmente da bula original, sob supervisão técnica da farmacêutica responsável: Dra. Andreia L. A. Bertasso - CRF: 44466. Não utilize este material como substituto ao conselho médico profissional. Esse texto possui apenas fins informativos. Leia a Bula Original.

Dúvidas frequentes sobre o uso de Alektos


Decerto, a indicação de certos medicamentos, como Alektos, varia muito de um estado de saúde para o outro, assim como o seu modo de uso, tempo de tratamento, até sobre qual melhor horário para se tomar. Pensando nestas questões que deixam muitas pessoas com a pulga atrás da orelha, destacamos pontos essenciais para conduzir o tratamento a um caminho seguro. Confira:
 

O que fazer quando esquecer de tomar Alektos?


Caso você se esqueça de consumir a dose de Alektos, é importante tomá-la assim que lembrar. No entanto, se a próxima ingestão estiver muito próxima, não é recomendado administrar a unidade esquecida.
 

Qualquer um pode tomar Alektos?


Não, Alektos é indicado apenas para pessoas que sofrem com crises alérgicas, que acometem a qualidade de vida de adultos e crianças, tanto por fatores genéticos quanto ambientais.
 

O que é alergia?


Detalhadamente, uma alergia surge quando o corpo detecta algo fora de convencional, ao ficar sensibilizado com tal presença. Esta atividade se dá pela reação do sistema imunológico, apontado que algo está fora do normal, ao tentar expulsá-lo por meio de espirros, corizas, além de outros tipos de desconfortos.
 

Tipos de alergia


Atualmente, há 3 tipos de alergias mais conhecidas que, de alguma forma, atrapalham na rotina de muitos, seja pelo menor mal-estar, seja pelo a exigência do afastamento do paciente de tarefas comuns. Entenda as reações de cada uma na lista a seguir:

Alergia alimentar: Mesmo sendo uma das mais comuns, a alergia alimentar se manifesta por meio de erupção da pele, náuseas e até diarreia. Este tipo requer a procura imediata de um profissional da saúde. Isso dado, você sabia que existe um ranking de alimentos que causam alergia? São eles: amendoim, amêndoas, nozes, ovos, caju e crustáceos. Fique atento (a)!

Rinite: Muito frequente principalmente durante o inferno, quando o tempo fica mais seco, quase sem chuva, a rinite se torna uma verdadeira vilã dos brasileiros, devido o mal-estar causado, através de entupimento das vias aéreas, espirros, sono e a interminável coriza. Seu surgimento também se dá pelo presença de ácaros, poeira e pelos de animais no ambiente de trabalho ou em casa, por exemplo.

Urticária: Por fim, bastante conhecida, a urticária é um desconforto que já tirou a paz de muita gente, por conta de suas reações que são bem parecidas como as citadas anteriormente: contato com ácaros, alimentos, medicamentos, pólen e até picadas de insetos.
 

Alimentos que amenizam os sintomas de alergia


Sim, existe alimentos capazes de dar uma trégua nos sintomas causados pelas crises alérgicas, devido suas tabelas nutricionais contarem com a presença de vitaminas que barram tal manifestação. Conheça:

Abacate: Riquíssimo em vitamina B5, o abacate é uma fruta que combate alergias, fortalecendo também o sistema imunológico, coração, olhos e pele, devido sua rápida absorção, que está atribuída à sua polpa macia, composta de óleos naturais.

Salsa: Bem conhecida na culinária brasileira, a salsa, também chamada de salsinha, é uma planta medicinal repleta de vitamina C, bem como propriedades antibacterianas, que proíbem a manifestação da alergia no organismo.

Maça: Em uma feira de verdade não pode faltar ela. Por conter quercetina e flavonoide, além de uma alta ação anti-inflamatória, a maçã praticamente impede a liberação de histamínicos no corpo, também chamada de ação anti-histamínica.

Couve: Por último, não menos importante, a couve é pertencente da família de crucíferas, o que significa que sua atividade é rica em carotenoides, que impedem a invasão de agentes nocivos à saúde, de forma segura e natural.

ALEKTOS Bula
Princípio Ativo: bilastina

 

Apresentação


Comprimidos 20mg: embalagem com 15

USO ORAL
USO ADULTO E ACIMA DE 12 ANOS

 

Composição do Alektos


Cada comprimido contém 20mg de bilastina. Excipientes: celulose microcristalina, amidoglicolato de sódio, dióxido de silício e estearato de magnésio.

 

Para que Alektos é indicado?


Destina-se ao tratamento dos sintomas da rinoconjuntivite alérgica, tais como espirros, nariz entupido (congestão nasal), coceira e secreção nasal, olhos vermelhos e lacrimejantes, e ao tratamento dos sintomas da urticária crônica, tais como erupções da pele com placas avermelhadas (eritemas) e pápulas, acompanhadas de coceira.

 

Como Alektos funciona?

 

Alektos contém bilastina, um anti-histamínico de segunda geração, altamente seletivo, que apresenta também atividade anti-inflamatória. Inibe os receptores periféricos H1 da histamina, sem efeitos sedativos ou cardiotóxicos.

 

Quando não devo usar Alektos?


Alektos não deve ser usado em casos de hipersensibilidade conhecida à bilastina ou aos demais componentes da fórmula.
Este medicamento é contraindicado para menores de 12 anos de idade.

 

O que devo saber antes de usar Alektos?


Gravidez e lactação: Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Alektos não deve ser administrado a gestantes e lactantes, a não ser quando absolutamente necessário, uma vez que a experiência clínica sobre seu uso em mulheres nestas condições é limitada. Não existem informações sobre a excreção da bilastina no leite humano nem em animais. O seu uso durante o período de amamentação deve considerar a relação benefício/risco para a mãe e para a criança.
Pacientes idosos: Não há necessidade de nenhuma adaptação posológica para pacientes idosos. Pacientes pediátricos: A eficácia e a segurança do uso do produto em crianças abaixo de 12 anos de idade ainda não foram estabelecidas. O seu uso não é indicado para menores de 12 anos.
Pacientes com insuficiência renal: Não há necessidade de ajuste posológico para pacientes com disfunção renal (problemas nos rins); a dose diária não deve ultrapassar a posologia indicada. Recomenda-se cautela em pacientes com insuficiência renal quando a bilastina for coadministrada com alguns medicamentos, como cetoconazol e eritromicina.
Pacientes com insuficiência hepática: Não há necessidade de ajuste posológico para pacientes com disfunção hepática (problemas no fígado); a dose diária não deve ultrapassar a posologia indicada.
Interferência em testes de laboratório: De um modo geral, os anti-histamínicos interferem nos testes cutâneos de alergia.
Recomenda-se a suspensão do uso do produto por um período adequado antes dos testes.
Efeitos sobre a capacidade de dirigir e operar máquinas: A influência da administração de bilastina é nula ou desprezível sobre a capacidade de dirigir e operar máquinas.
Interações com medicamentos: O perfil de segurança da bilastina não é afetado com o uso concomitante de medicamentos à base de cetoconazol, eritromicina, diltiazem ou lorazepam por pacientes com função renal normal. No entanto, caso esteja fazendo uso desses ou de outros medicamentos, informe o seu médico.
Interação com álcool: Não se observaram alterações no desempenho psicomotor após a ingestão concomitante de álcool e 20 mg de bilastina.
Ingestão com alimento: O produto não deve ser ingerido com alimentos ou bebidas, pois seu efeito pode ser diminuído.
Informe ao seu médico ou cirurgião dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.
Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

 

Onde, como e por quanto tempo posso guardar Alektos?


O produto deve ser conservado na embalagem original e à temperatura ambiente (15°C a 30°C).
Os comprimidos de Alektos são brancos, ovais, biconvexos e sulcados, com odor e sabor característicos.
A linha de sulco não tem por objetivo a divisão do comprimido em doses iguais, mas pode ser usada para quebrar o comprimido e facilitar a deglutição.
Número de lote e data de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

 

Como devo usar Alektos


Alektos destina-se a administração exclusiva por via oral.
Os comprimidos de ALEKTOS devem ser tomados em condições de jejum, uma hora antes ou duas horas após a ingestão de alimentos ou bebidas, inclusive de suco de frutas.
Os comprimidos de ALEKTOS devem ser tomados com água em quantidade suficiente para facilitar a deglutição.
A linha de sulco(divisão) pode ser usada para dividir o comprimido em duas partes caso haja dificuldade de deglutição.
A posologia habitualmente recomendada é de 1 comprimido de Alektos 20mg ao dia, em dose única, uma hora antes ou duas horas depois da ingestão de alimentos ou bebidas, inclusive de sucos de frutas.
A duração do tratamento nos casos de rinoconjuntivite alérgica e urticária crônica dependerá das características clínicas (tipo, duração e curso dos sintomas), devendo-se seguir as orientações médicas.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

 

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar Alektos?


Caso tenha esquecido de tomar uma dose, ela deve ser tomada tão logo seja lembrada (sempre uma hora antes ou duas horas depois da ingestão de alimentos ou bebidas, inclusive de sucos de frutas). No entanto, se estiver muito perto da administração da próxima dose, não a tome. Tome somente a dose seguinte e continue com o esquema posológico regular (dose única diária). Não tome uma dose dupla para compensar a dose esquecida.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico ou cirurgião-dentista.

 

Quais os males que Alektos pode me causar?


Como todo medicamento, ALEKTOS 20 mg pode causar eventos adversos, embora nem todos os pacientes os apresentem. Esse medicamento pode causar os seguintes eventos adversos:
Reações comuns (ocorrem em 1% a 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): dor de cabeça e sonolência.
Reações incomuns (ocorrem em 0,1% a 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): tontura, tinido (ruído de sino nos ouvidos), vertigem, dificuldade de respirar, nariz seco ou desconfortável, dor de estômago, náusea, diarreia, boca seca, inflamação da parede do estômago, dificuldade de digestão, coceira, aumento do apetite, herpes oral (feridas de frio), fadiga, sede, febre, sensação de fraqueza, ansiedade, dificuldade de dormir, batimento irregular do coração, traçado anormal do coração no eletrocardiograma (ECG), alterações de determinadas enzimas do fígado (transaminases).
Se qualquer destes efeitos colaterais se tornar sério ou se você observar algum efeito colateral não listado, informe seu médico ou farmacêutico.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a empresa através do seu serviço de atendimento.

Atenção: Este produto é um medicamento novo e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado corretamente podem ocorrer reações adversas imprevisíveis ou desconhecidas. Nesse caso, informe seu médico ou cirurgião-dentista.

 

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada de Alektos?


Não se conhecem sintomas de superdose em humanos. No caso de ingestão de doses muito acima das recomendadas, procure imediatamente assistência médica. Não tome nenhuma medida sem antes consultar um médico. Informe ao médico o medicamento que utilizou, a quantidade e os sintomas que está apresentando.
Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001 se você precisar de mais orientações.

 

Dizeres Legais


MS – 1.0639.0259
Farm. Resp.: Rafael de Santis
CRF-SP nº 55.728

Takeda Pharma Ltda.
Rodovia SP 340 S/N, km 133,5
Jaguariúna-SP
CNPJ 60.397.775/0008-40
Indústria Brasileira

*Alektos: marca sob licença de Faes Farma S.A.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.

Aproveite e Compre também

Os produtos abaixo são relacionados ao produto visitado, aproveite para conhecê-los.

COMPRAR ALEKTOS 20MG COM 15 COMPRIMIDOS

ALEKTOS 20MG COM 15 COMPRIMIDOS

por apenas R$ 49,58
Email cadastrado com sucesso! Erro! Não foi possível realizar o cadastro. Carregando ...
Voltar ao topo

Para o perfeito funcionamento do site é preciso que o JavaScript esteja ativado no navegador.
Para ativá-lo, escolha seu navegador e siga as instruções abaixo:

Google Chrome

  1. Clique no ícone do menu na barra de ferramentas do navegador.
  2. Selecione Configurações.
  3. Clique no link Mostrar configurações avançadas....
  4. Clique em Configurações de conteúdo na seção Privacidade.
  5. Selecione Permitir que todos os sites executem JavaScript na seção JavaScript.

Mozilla Firefox

  1. Selecione Ferramentas no menu superior.
  2. Escolha Opções.
  3. Selecione Conteúdo no menu de navegação superior.
  4. Marque a caixa de seleção ao lado de Ativar JavaScript e clique em OK.

Internet Explorer

  1. Selecione Ferramentas no menu superior.
  2. Escolha Opções da Internet.
  3. Clique na guia Segurança.
  4. Clique em Nível personalizado.
  5. Desça até ver a seção Scripts.
  6. Em "Script ativo", selecione Ativar e clique em OK.

Apple Safari

  1. Abra o menu Safari na barra de ferramentas do navegador.
  2. Escolha Preferências.
  3. Escolha Segurança.
  4. Marque a caixa de seleção ao lado de Ativar JavaScript.
Olá, posso ajudar?
Indicativo de Busca
Televendas 11 3990-7720
Chat Fale agora com nossos atendentes